ESTOU FELIZ POR AQUI.



                                                                         
                                                                                             



É verdade, feliz! 
Afinal debaixo daqueles entulhos de problemas saíram finalmente , os materiais limpos, reluzentes e maravilhosos dos mais puros sentimentos e atitudes que sempre esperei encontrar depois de ter mergulhado fundo em tanta sujeira, daquele lixão abominável que deixei para trás.
Sempre costumo dizer que se quisermos em alguns casos nos decepcionarmos inteiramente com as pessoas basta que, a conheçamos em profundidade.
E esta relação de profundidade incluiu ver escovar os dentes, ver sentada no vaso sanitário, acordar juntos na mesma cama e perguntar quem vai tomar banho primeiro.
Não precisam ser muitos anos, podem ser poucos dias ou algumas horas é verdade, talvez bastem ,para aquele céu azulado  e pintado de azul com infinitos pontinhos brilhantes e latejantes sobre a nossas cabeças , se transformem numa chuva de desilusões que jamais esperaríamos..
O ser humano é bom, nasce bom e continuará bom, se encontrar afetivamente, uma outra pessoa que o faça feliz.
E agora é que entramos no túnel interminável das explicações do que é a felicidade, túnel que às vezes começa no nada e termina em lugar nenhum.
Felicidade pode ser chegar mais cedo ao encontro ou mais tarde só para deixar a outra pessoa ansiosa.
Felicidade é também o simples fato de ter acordado,poder olhar ao redor,saber que ainda estamos vivos,sentir pela manhã o aroma inconfundível do café feito na hora e se estiver chovendo, os barulhos dos pingos da chuva sobre as folhas e, se acompanhados, podermos nos enroscar no corpo que quer com o nosso corpo, fazer o mesmo!
Estou feliz por aqui e as razões são muito pouco objetivas, não saberia descrever as causas, analisar pontos e muito mesmo acreditar que sei porque o dia será maravilhoso.
Estaria mentindo para mim mesmo pois, não sou profeta, vidente e muito menos sensitivo e se querem saber nem gostaria, pois nada mais formidável nesta vida do que constatarmos que o inesperado nos fez um surpresa.
Nada planejado, sem planilhas, máquinas de cálculos ou avançados programas de computação, e sim, coisas que acontecem porque pensamos, sentimos chegar e de repente bate a porta da nossa existência alguém, cujo sorriso no fará querer ser imortais para nunca o perdermos.
Da última vez que isto aconteceu, alguém que bateu a minha porta, vestindo uma blusinha branca,uma pantalona preta e sorriu tão lindo que hoje estou feliz por aqui pois, minha vontade é a de ser realmente, imortal!