TROCANDO SEIS POR MEIA DÚZIA!

A solidão é a presença mais indesejável,inoportuna,inconveniente ,inóspita...enfim, chega de gastar adjetivações para este relato de vácuo existencial e que assume tantas formas quanto às dores que ela propicia!
A maior ,seria o daqueles que para livrarem-se da solidão procuram multidões de amigos,passeatas de protestos, ruas , praças e avenidas entupidas de gente e afirmam que, certamente entre centenas de tentativas e encontros ou desencontros, terão finalmente, uma companhia,a cara nova,o arco-íris antes escondido atrás das nuvens,o filhotinho de cachorro lindo e irresistível que você irá,com certeza, imediatamente, adotar!
Não é bem assim!
A solidão, assim como os vinhos e os queijos, precisa de tempo de maturação certo.
Enquanto no seu interior,você não conseguir exorcizar os antecedentes daquela falta , avaliando e compreendendo as razões da perda, estará simplesmente trocando seis, por meia dúzia.
Quer que eu minta?

14 comentários:

  1. Menino PAULO, na minha modesta opinião, solidão não é estar sem companhia, mas sim estar sem a si próprio. Sei lá... é meu ponto de vista. Como filha única aprendi isso. Dificilmente me senti só, porque estava sempre em minha própria companhia.

    Meu carinho e o desejo que a solidão, jamais, em tempo algum, seja sua companhia!
    Audrey.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Zona de Conforto". É assim que você está agora Sr. PAULO TAMBURRO!!! Esse negócio de você só responder pela sua própria página não é legal! (Estou brigando mesmo!) Você não visita mais os colegas? É isso mesmo?!

      #prontofalei!

      Um excelente dia, moço!

      Excluir
    2. Nossa, AUDREY que puxão de orelha!!!

      Mas , não doeu,afinal nem você queria.

      Fala serio!kkk

      E outro excelente dia pra vc também, moça!

      Além, é lógico de um apertadissimo abração carioca!

      Excluir
    3. Então Audrey,

      o nosso querido Nelson Rodrigues dizia que a pior forma de solidão é a companhia de um paulista.

      Mas era só gozação do Nelson Rodrigues, nada mais, porque na verdade concordo com você: Solidão é não nos bastarmos e ignorarmos a nós mesmos!

      Um abração carioca!

      Excluir
  2. Verdade, quando sentimos "solidão caimos num vácuo ou num vazio existencial,´é a mesma coisa não é?
    Existem pessoas que não sabem lidar bem c essa situação e outras se acostumam com ela e então 'a solidão às vezes é uma opção de vida. Sério!
    Sempre encontramos algo que nos preenche rs
    O mundo é muito hipócrita..."nos apaixonamos e nos ferram. Quero minha mãe!
    Abrços e saudades docê

    ResponderExcluir
  3. GRAZIELA,

    acostumar-se com a solidão é dar um tiro no pé!

    Neste caso quem iria querer minha mãe, seria eu também! kkk

    Poxa, que saudade, mesmo!!!

    Um abração carioca

    ResponderExcluir
  4. Oi, Paulo, como vai? Tem razão, esses momentos de companhia podem trazer alento temporário, mas a solidão é um sentimento a ser resolvida no interior, não buscando subterfúgios no exterior. Um abraço!

    ResponderExcluir
  5. Então BIA, e isso é estarrecedor.

    O chão acaba,falta oxigênio a pressão sanguinea desaba e o escambau.

    E junto com tudo isso vem aquela terrível sensação que de jamais, sentiremos o calor de um outro abraço.

    Coisa chata, né?

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  6. Para mim, solidão é não ter no que pensar, ou melhor, não pensar em nada. Aquela hora em que o mundo termina a volta. E você sente o vazio que o não-girar traz.
    Muito bom para escrever por sinal, um bom blues e um whisky ajudam a chegar lá...
    Não penso que me acostumei (antes que os criticos critiquem), gosto de me sentir "acompanhado", de "estar junto". Mas acredito que todos tem momentos de solidão, e o que podemos fazer é extrair o melhor deles, da melhor forma possível.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. eucontista,

    ...Muito bom para escrever por sinal,um bom blues e um whisky a judam a chegar lá..."

    Olha me sentí em New Orleans, no Quatier Latin ao som de blues.

    Então , confeso que, solidão assim realmente, é impossível!

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  8. Respostas
    1. NÂNA,

      que bom você ter gostado!

      Um abração carioca.

      Excluir
  9. A solidão, no sentido da palavra... viver sozinho com suas tristezas, decepções, fracasso, etc eu não quero... Mais não dispenso "meus momentos de solidão", aquele necessário pra alma, onde vc viaja, divagueia... entende?! Olha.... por favor não minta viu! Continua falando sério. (rrsrsr) Um xero querido!

    ResponderExcluir
  10. Oi Nádia,

    momentos de solidão, nunca devem durar mais do que um piscar de olhos.Se forem assim, até os suporto.

    Viu, continuo, não mentindo!

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir